Header Ads

Rodriguinho: ‘Vamos vencer, eu acredito’


A atual edição da Série C se mostra como uma das mais niveladas dos últimos anos. Apesar de algumas situações estarem praticamente definidas, matematicamente, todas as agremiações participantes do Grupo A ainda possuem chances de classificação à segunda fase. O caso do Remo, o principal exemplo, pois, embora esteja atolado na lanterna e com probabilidade real de rebaixamento, alguns pontos são necessários para jogar o time no bolo do G4.

Contudo, o rendimento em campo do Leão descarta qualquer possibilidade para o feito. Mas, os jogadores ainda creditam fervorosamente em uma guinada na tabela, a começar por uma vitória nessa noite. “A gente precisa focar na determinação dentro de campo, porque precisamos somar os três pontos amanhã (hoje). O campeonato é muito equilibrado, a gente tem consciência que precisa ao menos de duas vitórias para sair da última colocação e da zona e, a exemplo disso, o Náutico está bem próximo de uma vaga (G4)”, disse o meio-campista Rodriguinho.

Ainda de acordo com o jogador, a distância entre a zona de classificação e a zona da degola, no caso azulino, é separada apenas por linha tênue. Dessa maneira, apesar da fase ruim, Rodriguinho garante o mesmo compromisso e aposta em uma vitória para que o time possa engatar uma sequência positiva.

“É muito importante a gente fazer o nosso dever de casa para poder voltar a somar na competição. Mas vamos vencer, eu acredito nisso, e logo começar uma sequência de vitorias”, projeta. “Não vamos dar oportunidade em bola parada em contra-ataque, e tenho convicção que lá na frente vamos fazer gol. Enquanto tiver chance, eu acredito que a gente pode brigar pela classificação”, ponderou Rodriguinho.

O rival: De olho no desespero

- Na parte baixa do grupo A da Série C, a classificação está uma bagunça. Todos os times têm chances de beliscar uma posição no G4, bem como afundar na zona da degola. O Juazeirense, adversário do Remo nesta noite, se encontra nessa situação. Penúltimo colocado na chave, em caso de uma vitória, terá a mesma pontuação do Globo-RN, hoje na quarta colocação, porém, com um jogo a mais.

- Dessa maneira, o time de Ailton Silva, que irá completo para o embate de hoje, precisa fazer os eu papel. “É um jogo que temos que passar, vencer. Vai ser duro, é na casa deles. O momento deles é ruim, por isso pode fazer com que eles se exponham um pouco e vamos entrar aí”, avisa o treinador.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)
29/06/2018

Nenhum comentário

+ Lida da semana

Tecnologia do Blogger.