Header Ads

Com um a mais, Papão sufoca e quebra tabu contra o Parauapebas na Curuzu


Diante de um público de 14.923 pessoas em uma Curuzu enfeitada para receber o Paysandu versão 2018, os comandados do técnico Marquinhos Santos não deram um 'show', mas honraram a marca fixada na gola do uniforme: 'Valentia'. Diante de um Parauapebas fechado por conta da expulsão prematura do volante Augusto Recife, o Bicola lutou para infiltrar a defesa adversária. O único gol da partida só saiu aos 34 minutos do segundo tempo, com o meia Fábio Matos.

O gol, aliás, surgiu de uma jogada que caracterizou a insistência do Bicola na partida. No lance, Cáceres recebeu na intermediária e colocou na área. O zagueiro Diego Ivo - que já atuava como um lateral esquerdo - escorou já próximo da linha de fundo e viu o goleiro Bruno tocar na redonda. Ela ficou com Fábio Matos, que enganou a marcação e girou com estilo para bater de canhota e mandar para a rede.

Além da expulsão do volante Augusto Recife - que estreava contra o seu ex-clube -, o Parauapebas também perde o seu técnico, Léo Goiano. Excluído de campo por reclamação aos 42 minutos ainda da primeira etapa. A partir de então, o comando da equipe ficou nas mãos - e na voz - do preparador físico Rafael Guerra. Ao todo, outros seis cartões amarelos foram distribuídos, sendo quatro para os visitantes (André Ribeiro, Max Carrasco, Ângelo e Monga) e dois para os mandantes (Perema e Nando Carandina).

As equipes voltarão a entrar em campo somente às 16h deste domingo (21), com o Parauapenas visitando o Cametá, no Parque do Bacurau, em Cametá, e o Bicola indo a Castanhal para encarar o Japiim, no Maximino Porpino.

ORM
18/01/2018

Nenhum comentário

+ Lida da semana

Tecnologia do Blogger.