Header Ads

Ainda fora do ideal físico, meia do Remo pede atenção com o Galo: 'Não tem bobo'


Dono da camisa 17 na estreia do Leão no campeonato paraense deste ano, o meia Adenílson deve assumir a 10 no confronto contra o Independente, no Navegantão, em Tucuruí. A incerteza gira em torno da condição física do jogador, que perdeu cerca de duas semanas da pré-temporada por conta de problemas familiares.

No treino desta terça-feira (16), o jogador foi categórico ao afirmar que ainda não está 100% pronto para atuar por 90 minutos em alto nível, mas frisou que quer a titularidade. 'Sim! Todo mundo quer. Sabemos que o professor Ney é muito inteligente para escolher isso. Eu ainda não estou no ideal. Só devo ficar assim a partir do terceiro ou quarto jogo, mas isso é normal. Todos os times estarão com a perna pesada nesse início de ano. Venho fazendo um complemento após os treinamentos e, se precisar, quero jogar', disse.

Do outro lado do campo, o Remo de Adenílson e companhia terá de enfrentar o Independente. 'Ainda não nos passaram muita coisa, mas o professor Ney está estudando todos os adversários de forma detalhada. Não existe time bobo no campeonato. Vamos fortes e atentos para sair de lá com a vitória', frisou.

A partida entre Independente e Remo, pela segunda rodada do campeonato paraense, está marcada para as 17h deste sábado (20), no Navegantão, em Tucuruí, com transmissão lance a lance pelo Portal ORM.

ORM
17/01/2018

Nenhum comentário

+ Lida da semana

Tecnologia do Blogger.