Header Ads

Parceria carioca pode injetar R$ 1 milhão para a reabertura do Baenão


Apesar de ainda indefinida, a diretoria de futebol do Clube do Remo pode sacramentar uma parceria para auxiliar o projeto de reabertura do Baenão para a temporada de 2018. A informação é de Milton Campos, que, atualmente, é o único ocupante da diretoria.

Uma reunião entre o diretor e uma empresa carioca, com a presença do presidente do clube, Manoel Ribeiro, está marcada para ocorrer nesta sexta-feira (20). A intenção é o recebimento de R$ 1 milhão para aplicação do estádio. Em troca, a empresa terá benefícios que serão ajustados nesse encontro, marcado com caráter definitivo.

Vale destacar que a casa do Leão está fechada para jogos desde o dia 1º de maio de 2014 e que, há cinco meses, tem recebido uma revitalização através do projeto 'Retorno do Rei ao Baenão', de torcedores do clube. Com entrega da primeira etapa da obra prevista para este domingo (22), o projeto já investiu R$ 3.380,00, sendo R$ 1.830,00 de despesas operacionais (alimentação, transporte, material de pintura e tintas) e R$ 1.550 com mão de obra, no estádio.

Com 100 anos completados no último dia 15 de agosto, o Baenão comporta a mesma quantidade de pessoas que reuniu em sua inauguração (2.500). Naquela ocasião, houve uma programação que contou, inclusive, com uma salva de tiros militares e, assim como atualmente, recebeu partidas amistosas. À época, o duelo foi entre os times da Reserva Naval e da seleção da Liga Paraense de Foot-Ball. Além de tudo isso, o jogo ainda teve como árbitro o então fundador do Paysandu, Hugo Leão.

O Baenão ficou impraticável profissionalmente a partir do momento em que, na gestão de Zeca Pirão (foto abaixo), o lugar passaria por uma reforma que o transformaria em Arena Baenão. Foram vendidos camarotes, salas VIP e até inscrições em blindex que substituiu o alambrado e sobrevive hoje como único rastro da tal obra. Naquele ano de 2014, começou o quebra-quebra para transfiguração do estádio em Arena. No entanto, de forma mal explicada, os trabalhos foram interrompidos e não mais retomados.

ORM
20/10/2017

Nenhum comentário

+ Lida da semana

Tecnologia do Blogger.