Header Ads

Novos nomes são cogitados pela direção do Leão Azul

Moacir Junior está em negociação avançada com o Leão (Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo)

Com a expectativa de anunciar o futuro treinador da equipe ainda na próxima semana, o departamento de futebol do Clube do Remo, de fato, segue analisando com cautela possíveis nomes para comandar o plantel azulino. Ney da Matta, que até o começo da semana era dado como certo, teve seu nome enfraquecido nos bastidores, embora ainda seja opção. No entanto, enquanto o nome de Ney vem sendo amenizado, o de outros dois profissionais vêm ganhando força. São eles: o técnico Sérgio Vieira e o técnico Moacir Junior, este último, inclusive, com diálogos bem avançados.

Quando foi divulgado pelos novos diretores que o futuro comandante azulino viria de fora, o assunto era sério. Sérgio Vieira, por exemplo, é natural de Póvoa de Lanhoso, Portugal, e, atualmente está sem clube. Vieira faz parte da nova geração de treinadores do país, com passagem destacada em 2015, no Atlético-PR. Seu último clube foi o São Bernardo-SP.

Além do técnico lusitano, Moacir Junior também é visto com bons olhos pelos diretores de futebol do Remo, sendo, até o momento, um dos favoritos para assumir o cargo. Neste ano, Moacir esteve à frente de dois clubes na Série C: o Botafogo-SP e o Cuiabá-MT. Por seguir em processo de renovação com o Dourado, os dirigentes remistas preferiram manter a situação em sigilo, no entanto, confirmam que as conversas estão adiantadas. “Nós temos uma lista com seis possíveis profissionais para assumir a função de treinador. Embora o Ney tenha um custo elevado e tenha um retrospecto de relacionamento não agradável, é uma possibilidade. O mesmo vale para o Ailton. Mas temos também o Sérgio Vieira, e outro treinador que está bastante avançado nas negociações (Moacir Junior)”, explicou o diretor azulino Milton Campos.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)
27/10/2017

Nenhum comentário

+ Lida da semana

Tecnologia do Blogger.