Header Ads

Base do Clube do Remo é tratada como prioridade

(Foto: Samara Miranda/Remo)

Nas últimas gestões do Clube do Remo, o discurso de priorizar a base na formação do elenco profissional para a temporada em disputa, sempre teve grandes adeptos, uma vez que a potencialização nos pratas da casa seria melhor solução do que jogadores importados. Apesar disso, poucas crias azulinas foram integradas ao elenco principal, nos anos passados. Para 2018, no entanto, o planejamento ganhou peso após a integração de Paulinho Araújo no departamento de futebol profissional, já que, antes, ele atuava como responsável justamente na supervisão da molecada remista.

De acordo com Paulinho, uma lista com jovens promessas, de potencial elevado, será repassa para Milton Campos e Miléo Junior, também diretores de futebol, para análise. “As conversas continuam prósperas. Nosso objetivo é valorizar ao máximo nossa base e que tem grandes valores nessa atual fase. Temos uma lista de jogadores que podem muito bem ser puxados. Vamos nos preparar e decidir o melhor não só para o Remo, mas também para os nossos jovens jogadores”, disse Araújo.

Os assuntos relacionados à base azulina tem dois objetivos: a disputa da Copa São Paulo, em janeiro de 2018, e a formação do elenco profissional. Como alguns jogadores que disputaram o último Paraense pelo sub-20 estão excedendo o limite de idade para a Copinha, a expectativa é que eles sejam integrados ainda na pré-temporada. “Nesse momento, a Copinha é o objetivo da base, e temos tudo para fazer bonito. Só que alguns jogadores já ‘queimaram a idade’ e isso não é ruim, pois podem ser promovidos. E a conversa que vem acontecendo é para alinhar essas coisas”, explicou o diretor Paulinho Araújo.



(Matheus Miranda/Diário do Pará)

Nenhum comentário

+ Lida da semana

Tecnologia do Blogger.