Video Of Day

Os técnicos foram um bom termômetro do clássico

Josué e Chamusca alternaram momentos de calmaria e tensão durante o clássico de ontem (Foto: Wagner Santana)
Todo técnico de futebol, quando está posicionando dentro da sua área de jogo, acaba reagindo de acordo com a atuação de sua equipe. No clássico de ontem, os treinadores de Remo e Paysandu, respectivamente, Josué Teixeira e Marcelo Chamusca refletiram, durante todo o jogo, o desempenho de suas equipes dentro das quatro linhas.
Com o perfil mais conservador, o técnico do Remo, durante o inicio do jogo, se mostrou mais calmo nas atitudes. Mesmo estando de braços cruzados em certos momentos, o técnico se portou de forma bastante tranquila na hora de repassar informações aos seus atletas. Isso se atribuiu pelo fato do Leão ter começado o jogo melhor que o rival.
Já do outro lado, Marcelo Chamusca, durante a etapa inicial, pedia o suporte do seu auxiliar técnico para tentar arrumar alguns setores do Papão, além de sair da sua zona durante boa parte do jogo.
Voltando a sua forma habitual, Josué Teixeira ainda teve um leve contratempo com o árbitro, ao cobrá-lo atitude mais severa, após uma suposta cotovelada desferida pelo atacante Bergson em cima de seu atleta, aos 24 minutos.
INVERSÃO DE PAPÉIS
No segundo tempo, os papéis se inverteram. Enquanto Chamusca, visivelmente mais tranquilo, por estar à frente do placar, viu o seu companheiro de profissão mais ativo, por correr atrás do marcador. O momento que deixou os técnicos iguais no jogo foi justamente quando o Remo conseguiu o empate. 
De acordo com as expressões corporais de cada um, tanto Josué quanto Chamusca estavam aflitos. E não é para menos. Valendo uma boa vantagem para a decisão, os técnicos gritaram durante o restante do jogo, cobrando o máximo dos atletas.
Como o empate ia ficando cada vez mais sólido, os técnicos ficaram um poucos mais sossegados. Josué voltou à postura inicial, falando pouco e gesticulando muito. Chamusca, depois de incentivar os atletas, viu os minutos finais do jogo ao lado dos atletas suplentes, no banco de reservas.
(Matheus Miranda/Diário do Pará)
Os técnicos foram um bom termômetro do clássico Os técnicos foram um bom termômetro do clássico Reviewed by adm on 18:24:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Follow Me @ SoraTemplates