quarta-feira, 26 de abril de 2017

Eduardo Ramos nega ausências em tratamento e deixa futuro em aberto


O meia Eduardo Ramos – em entrevista ao programa Globo Esporte, da TV Liberal –, enfim, veio a público se pronunciar sobre as acusações que recebeu, principalmente do técnico Josué Teixeira, em relação as suas ausências no tratamento contra uma lesão na coxa. Segundo o comandante azulino, o meia não tem cumprido com suas obrigações, o que retardou sua recuperação, fazendo com que ficasse de fora da partida de volta das semifinais do Parazão.
A situação chegou ao extremo quando o meio-campista comentou em uma rede social, respondendo aos torcedores, que sua ausência da semifinal diante do Independente era por opção da comissão técnica e que, por ele, 'jogaria até com uma perna'. Minutos depois Josué retrucou, na mesma postagem, que o jogador havia faltado as sessões de fisioterapia e por isso estava vetado do confronto. Para completar, o técnico ainda disse que o meia fez uma viagem para Salinópolis-PA e que lá teria ingerido bebidas alcoólicas, o que prejudica a recuperação da lesão, por cortar o efeito dos remédios. 
– Eu não faltei nenhum dia de treino. Nunca cheguei atrasado. Principalmente nas duas primeiras semanas de tratamento. Ia aos sábados e domingos. Então não sei de onde realmente saiu essa história. Não sei se foi da parte dele (Josué) ou alguém falou alguma coisa. Para deixar bem claro de novo, nunca faltei nenhum dia de tratamento. No sábado eu fiz meu tratamento e no domingo era folga, que foi o primeiro que tive após a lesão. Fiz uma programação para ir para salinas e tudo o que falaram ao meu respeito quer dizer que estão muito enganados, porque foi um final de semana tranquilo, mas em Salinas. Não subi em palco, até porque nem tinha. Não me embriaguei, pois domingo de manhã já estaria retornando, então não era possível, pois eu iria pegar a estrada – disse o meio-campista Eduardo Ramos.
Eduardo Ramos chegou ao Remo no final do ano de 2013 – após passagem pelo Paysandu – e, de lá para cá, jogou três temporadas no Leão, conquistando dois Campeonatos Paraenses, um vice da Copa Verde e o acesso à Série C, ganhando o carinho da torcida e sendo apelidado de "Mito". No entanto, o relacionamento com o Leão parece estar chegando ao fim e especulações indicam, inclusive, que ele possa trocar o Remo pelo Fortaleza durante o Brasileiro.
– Gostaria que algum responsável viesse a público comentar sobre isso, pois é algo que incomoda e me deixa triste. Até sexta-feira eu e o Remo devemos estar entrando em um acordo, onde possamos se entender. Que seja bom para ambos e que tudo se resolva da melhor maneira possível – concluiu o meia.
*Kaio Rodrigues, sob supervisão de Jorge Sauma.
Nenhum comentário :

Nenhum comentário :

Postar um comentário

+ Lida da semana