Video Of Day

Eduardo Ramos já vive clima de despedida


Uma situação absolutamente inesperada envolve o meia Eduardo Ramos no Clube do Remo. O maestro da campanha do acesso à Série C, em 2015, retornou ao Baenão de forma empolgante, há pouco mais de um mês – entrando no time e marcando o gol do empate em um Re-Pa, aos 40 minutos. Agora, na semana que antecede outro clássico contra o rival bicolor, agora valendo a decisão do Paraense, o atleta pode estar deixando o clube. 
“Se criou algo desnecessário. Não apareci no clube nesses três dias, porque a gente deve estar resolvendo essas questões burocráticas, de documento, até sexta-feira”, comentou o camisa 33 em entrevista exclusiva ao DIÁRIO. Eduardo se defende das acusações que sofreu, por parte do técnico Josué Teixeira e do diretor de futebol Marco Antônio Pina, o Magnata, no último sábado (22). “Eu nunca faltei nenhum dia de tratamento para lesão. Especialmente nas duas primeiras semanas. Sábado e domingo, eu estava lá! A única realidade é que, depois disso tudo ,eu não apareci no clube domingo, segunda e terça, porque ficou um ambiente ruim” afirma.
‘BARCA ZERO’
O meia também alega que a polêmica “barca em Salinas” não teria tido o teor alegado. Afirma que não se embriagou e que viajou em um final de semana de folga. “Fui eu mesmo quem avisei. Estava de folga, viajei e avisei a comissão técnica na segunda-feira. Não sei de onde ele tirou isso”, reclama.
O craque azulino também nega que o veto para o jogo contra o Independente seja relacionado a questões médicas. Ele afirma que quando a lista dos relacionados foi liberada, ele sequer tinha feito o exame para avaliar o grau da sua lesão. “Infelizmente quem deveria se manifestar sobre isso, que é o Departamento Médico e Diretoria, não vem a público. Mas não tem fundamento as coisas que ele disse”, crava, sobre Josué Teixeira, que virou desafeto declarado do meia, nas redes sociais e em entrevista coletiva, com toda essa confusão.
HORA DO ADEUS
Eduardo, já em tom de despedida do clube, afirma que apesar de tudo torce pelo sucesso de Josué. “Ele é o treinador de um clube que eu gosto, admiro, respeito e tenho a amizade de todos os funcionários”, diz. “Sei como é importante pro time vencer, para os funcionários receberem e ficar tudo bem em casa. Então torço para o melhor para eles e a alegria da torcida”, fala.
JOSUÉ TEIXEIRA X EDUARDO RAMOS
- No último sábado, 22, véspera da semifinal contra o Independente, Josué Teixeira convocou a imprensa no Remo para expor o veto de Eduardo Ramos. 
- O treinador condenou o comportamento extracampo do atleta e o qualificou como “mentiroso”. Entre as alegações de Josué estava o não comparecimento de ER a sessões de tratamento para uma lesão, viajar para Salinas, se “embriagar” durante sua recuperação e alegar que jogaria “com uma perna só, nesse time do Remo”, frase que o atleta cunhou em uma rede social.
(Taion Almeida/Diário do Pará)
Eduardo Ramos já vive clima de despedida Eduardo Ramos já vive clima de despedida Reviewed by adm on 09:54:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Follow Me @ SoraTemplates