sexta-feira, 24 de março de 2017

Gratuidades distribuídas sem ‘muvuca’ para Re-Pa

Bilhetes de gratuidades serão entregues antes, na Casa do Idoso e sede da APPD, para maior comodidade do público (Foto: Thiago Gomes/Ag. Pará)
A diretoria do Clube do Remo resolveu mudar a forma de distribuição das gratuidades para idosos e pessoas com necessidades especiais. Agora, cada pessoa irá pegar o seu ingresso no órgão responsável. De acordo com Laury Segundo, diretor de segurança do Clube do Remo, esta medida foi tomada para este Clássico Re-Pa. 
Assim, o bilhete será retirado antes do jogo, evitando uma possível aglomeração no momento da partida. “O de Portador de Necessidades Especiais vamos entregar na Associação Paraense das Pessoas com Deficiência (APPD). Vou reunir com a Regina Barata, vice-presidente, e fazer a entrega destes ingressos”, afirmou o dirigente.
Já os ingressos dos idosos, serão distribuídos na Casa do Idoso. “Por isso, eu peço que os idosos e as pessoas com necessidades especiais se dirijam, a partir de sexta-feira (hoje), a estas entidades, para que elas possam retirar os seus ingressos”, pede o diretor de segurança do do Remo.
Onde buscar?
-Casa do Idoso – Avenida Governador José Malcher – 333, entre Travessa Benjamin Constant e Travessa Doutor Moraes.
- APPD -Passagem Alberto Engelhard, 213, São Brás.
Pode assistir, mas não pode fazer imagens
A equipe do Clube do Remo para o clássico de domingo contra o Payasndu, no Mangueirão, já está definida. Sem muitos mistérios, o comando técnico remista promoveu a movimentação com as mudanças já previstas anteriormente e agora é só esperar o jogo para que a onzena entre campo, caso não haja algum imprevisto que tire algum atleta da titularidade.
Josué Teixeira afirma que o time está definido, a não ser que ocorra algum problema de saúde ou lesão com algum atleta. Durante a movimentação, o treinador não deixou que fossem feitas imagens do treino, mesmo que fosse aberto para a torcida. “Tem uma história que o analista de desempenho do Paysandu sobe em um prédio para filmar os treinos. Que fez isso ano passado”, comentou.
“A gente tenta só se preservar. De repente o rapaz é alpinista e gostar de estar lá em cima filmando e não temos como evitar”, ironiza. “A gente só pede para não ter imagem, porque não queríamos dar imagem para o adversário. Mas não há mistério, tanto que falamos do time”, argumentou o técnico.

IMPORTÂNCIA 
Em seu segundo Re-Pa, o treinador remista já sabe como funciona toda a atmosfera do clássico. “Todo Re-Pa é difícil. Todo clássico é importante vencer. A gente sabe da importância do clássico, do adversário e do momento”, diz
Fonte: DOL
24/03/2017
Nenhum comentário :

Nenhum comentário :

Postar um comentário

+ Lida da semana