Video Of Day

Com medo de bichos e lama, volante do Remo fala sobre Cametá



Bem-humorado e sincero, o volante do Remo, Marquinhos, contou suas projeções para o jogo em Cametá, contra o Mapará, de uma forma bem singular. O jogador contou que foi informado acerca dos alagamentos que a cidade tem sofrido e admitiu, inclusive, ter medo do que pode acontecer em uma travessia de balsa.

O itinerário para chegar a Cametá envolve uma travessia em balsa no chamado Rio Carapajó e, embalado por histórias contadas por amigos em Belém, Marquinhos declarou: 'Os meninos já chegaram para me dizer que atravessa o rio e que lá tem uns bichos, como jacaré. Tenho medo disso. Se for assim, nem quero ir nessa viagem. Vai que a embarcação para no meio do rio... (Risos)', brincou.

Com o mesmo tom de brincadeira, Marquinhos cutucou os alagamentos na cidade, após ver a entrada da cidade com o piso coberto de água após um dia de chuva intensa: 'Se estiver assim, é melhor trocar a chuteira por um barco, né?! Se a entrada está assim, imagina o campo! Mas, vamos ver a decisão da diretoria. Se for em prol do Remo, tudo bem'.

A diretoria do Leão chegou a cogitar a tentativa de trazer o jogo para o Mangueirão ou o adiamento do jogo por conta dos alagamentos, mas a FPF (Federação Paraense de Futebol) tem mantido o Parque do Bacurau como sede do confronto. Para Marquinhos, 'jogar perto de casa e sobre o gramado do Mangueirão sempre é melhor. Quando o gramado não proporciona o bom futebol, tem que igualar na força e na vontade para tentar o resultado positivo'.

O confronto entre Cametá e Remo está garantido para as 16h desta sexta-feira (24), pela sexta rodada do campeonato paraense, com transmissão lance a lance pelo Portal ORM News.

Fonte: ORM
Com medo de bichos e lama, volante do Remo fala sobre Cametá Com medo de bichos e lama, volante do Remo fala sobre Cametá Reviewed by adm on 14:42:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Follow Me @ SoraTemplates